As melhores praias cariocas

 

VOLTAR


 

Praia Copacabana

copacabana

copacabana

 
Copacabana é o bairro mais eclético e vibrante do Rio. A praia de Copacabana com seu clássico calçadão, os restaurantes, bares e casas noturnas entretém turistas e moradores. Mas ainda é possível se deparar com vistas estonteantes, além de parques, praças e lojas.

Numa mesma manhã, é possível ver moradores mais maduros saindo para se exercitar ou dar um mergulho, enquanto os mais festeiros retornam a seus hotéis ou residências.

O bairro e a praia são planos, tornando-os ideais para serem explorados através da caminhada. Em seus 4 quilômetros de extensão, a larga faixa de areia que a compõe, é mais estreita em alguns trechos, como no início e no final da praia, mas mesmo os locais mais espaçosos ficam repletos de banhistas aos finais de semana e durante grandes eventos.

Suas areias recebem shows e a famosa festa de Reveilon, a maior do Rio de Janeiro, com belíssima queima de fogos.

Copacabana faz jus ao título de princesinha do mar, e encanta visitantes o ano todo. Situada na zona sul da cidade, Copacabana tem uma população de 160 mil pessoas e ainda atrai turistas de todo o Brasil e do mundo.

Características

Mar: azulado, calmo e com ondas pequenas.

Areia: larga faixa de areia fina e dourada.

Público: diversificado, famílias, jovens, estrangeiros, idosos, gls.

Dicas:

• Reserve dois dias para explorar a praia e o bairro.
• Vale a pena visitar o Forte de Copacabana no Posto 6.

Modalidades: futevôlei, vôlei, futebol, pesca, caminhadas, bicicleta.

Onde comer: quiosques no calçadão servem uma infinidade de bebidas e petiscos. Diversas opções de restaurante a beira mar.

Onde ficar: possui a maior concentração de hotéis da cidade, opções em todas as faixas de preço.

 

Ilha Grande – Angra dos Reis

Ilha Grande – Rio de Janeiro

Ilha Grande – Rio de Janeiro

Ilha Grande – Rio de Janeiro

 

Praia Ipanema e Leblon

Praia Ipanema – Rio de Janeiro

Praia Ipanema – Rio de Janeiro

Praia Ipanema – Rio de Janeiro

 

Parati

Parati Rio de Janeiro

Parati Rio de Janeiro

Parati Rio de Janeiro

Praia Grande – Arraial do Cabo

A Praia Grande em Arraial do Cabo possui 40 km de areias brancas e fina, dunas, vegetação costeira e mar transparente. Suas águas são geladíssimas, 8 graus em algumas épocas do ano devido ao fenômeno da ressurgência (correntes de águas frias). Normalmente é um mar com ondas mas bom para mergulho, porém em épocas de ressaca o mar possui ondas fortes e a Praia Grande se torna cenário para campeonato de surf. No canto esquerdo, onde é bem mais agitado, há quiosques e badalação, mas andando por volta de 800 metros já terá um lugar tranquilo que poderá relaxar e curtir o som do mar.

Características

Mar: transparente e muito gelada. Suas ondas são maiores do que suas vizinhas e em época de ressaca (Semana Santa, Natal e Carnaval) é um excelente lugar para surf.

Areia: branca e muito fina

Público: jovens, casais e famílias

Dicas:

• Não é um lugar muito legal para levar crianças pequenas, pois venta muito e a água é bem gelada e agitada.

• O pôr-do-sol mais bonito da região

• Alugue um bugue para conhecer melhor sua enorme extensão de areia.

• Um dos melhores pontos pesqueiros da região, com destaque para a pesca de arrastão que trazem muitas lulas.

Modalidades: esportes de areia, surf e pesca

Onde comer: quiosques pela orla

Onde ficar: Hotéis e pousadas nas proximidades do centro de Arraial do Cabo.

Praias conhecidas próximas: Praia Brava, Praia do Pontal do Atalaia, Praia do Farol, Praia dos Anjos, Praia do Forno, Prainha, Praia do Pontal.

 

Praia do Forno – Arraial do Cabo

A Praia do Forno em Arraial do Cabo possui acesso apenas por trilha ou barco. Mas fique tranquilo, são apenas 540 metros em 15 minutos de trilha mas que exigem um bom gasto de calorias na subida. Perto do topo do morro, o turista que percorre a trilha pode avistar uma bela paisagem da Praia dos Anjos, sempre lotada de embarcações. Já no topo e na descida da trilha o turista terá uma vista que lhe deixará paralisado de tanta beleza, pois ali existe vista panorâmica para a Praia do Forno.

Suas águas são de uma transparência incomum que pedem aquele mergulho! Esta pequena praia de aproximadamente 500 metros fica próxima a civilização, mas isolada por encostas, que a tornam um reduto de pura natureza, com vegetação de restinga e corais que pedem um snorkel. Porém, apesar dos elogios, em dias de alta temporada a paz acaba, a praia ficar muito lotada e bagunçada… Fique atento a esses detalhes antes de planejar sua visita.

Características

Mar: incrivelmente transparente, calmo e com algumas ondas fracas. De todas as praias de Arraial do Cabo, esta possui temperatura mais agradável.

Areia: branca

Público: famílias e casais

Dicas:

• Se quer paz, fuja de lá nos feriados (segundo alguns comentários.
• Passeie de barco e conheça o bar flutuante. Peça ostras colhidas na hora e outros frutos do mar fresquinhos acompanhando uma cerveja geladinha. Alguns turistas acham os preços bem justos.

Modalidades: mergulho

Trilhas: trilha de acesso a partir da Praia dos Anjos.

Onde comer: alguns quiosques rústicos na praia que oferecem gostosos petiscos. Experimente os típicos bolinhos de aipim! Além do restaurante flutuante como já foi mencionado.

Onde ficar: Hotéis e pousadas nas proximidades do centro de Arraial do Cabo.

Praias conhecidas próximas: Praia Grande, Praia Brava, Praia do Pontal do Atalaia, Praia do Farol, Praia dos Anjos, Prainha, Praia do Pontal. 

Praia do Farol – Arraial do Cabo

Praia do Farol – Arraial do Cabo

Praia do Farol – Arraial do Cabo

Praia do Farol – Arraial do Cabo

A Praia do Farol está localizada em reserva ecológica e sob a proteção da marinha. Considerada por alguns como a praia mais linda do Brasil, suas águas são incrivelmente transparentes e a sua areia muito branca. Para chegar até a Praia do Farol é necessário pegar um barco, que normalmente é barato, pois a praia está próxima e localizada na Ilha do Cabo Frio. O INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) considera a Praia do Farol como a mais perfeita do Brasil, isso avaliando a transparência da água e a qualidade da areia.

É realmente um paraíso, com 1 km de extensão, cercado por pequenas dunas e formando um aquário natural para que os banhistas possam mergulhar junto com lindos peixes. Para completar há uma figueira centenária que realça o charme, um verdadeiro reduto para casais apaixonados.

Características

Mar: transparência que impressiona, azulado, calmo e gelado.

Areia: areia branca e muito fina

Público: casais e famílias

Dicas:

• Normalmente o passeio de barco até a Praia do Farol é barato, então faça uma pesquisa antes de pegar uma embarcação.

• No cais da Praia dos Anjos existem vários barcos que te levam até a ilha.
• A cidade de Arraial do Cabo é muito tranquila e seus moradores lhe darão uma excelente recepção.

• Cuidado com a câmera fotográfica, pois se estiver ventando a areia fina poderá impregnar nela.

• Não é permitido levar comida e nem água até a Praia do Farol.

Modalidades: pesca e mergulho

Onde comer: nas praias próximas

Onde ficar: Hotéis e pousadas nas proximidades do centro de Arraial do Cabo.

Praias conhecidas próximas: Praia Grande, Praia Brava, Praia do Pontal do Atalaia, Praia dos Anjos, Praia do Forno, Prainha, Praia do Pontal.

São Francisco de Itabapoana

São Francisco de Itabapoana

São Francisco de Itabapoana

São Francisco de Itabapoana



A diversidade faz de São Francisco de Itabapoana destino muito procurado no Norte Fluminense. Apesar da cidade não contar com grande infraestrutura, sua natureza cativa o viajante. Por seus mais de 60 km de praias distribuem-se opções que vão desde praias semi-desertas e paisagem rural, com restinga e muito verde, a praias mais urbanizadas, com certa estrutura para receber o turista.

No verão, atividades esportivas e culturais tomam as areias de Santa Clara, praia dos Sonhos, Guaxindiba e Barra de Itabapoana. É lá que fica o maior movimento, e é onde ocorrem os shows. Enquanto isso, a região Norte do município revela vilas que se integram à natureza e apresentam uma paisagem mais rústica, como a do Caçador, Guriri e Lagoa Doce.

Também fazem parte de São Francisco de Itabapoana as Ilhas de Lima, do Peçanha e da Convivência, que brindam o munícipio com manguezais ricos em crustáceos, e lagoas circundadas por mata nativa.

No bairro do Gargau, lendas e história convivem, ilustradas pelas construções antigas que atraem o visitante. São Francisco de Itabapoana é tradicional, nela celebram-se as festas do Padroeiro e de Santos adorados pelos pescadores. A pesca é atividade comum na cidade, que também conta com o Espaço Batelos para a venda de artesanato local.

Características

Mar: azul esverdeado, temperatura agradável e ondas suaves.

Areia: clara, faixas estreitas. Considerada medicinal, atrai pessoas em busca de cura para doenças.

Público: famílias com crianças, jovens que dispensem a vida noturna.

Praias: Praia da Barra de Itabapoana, Praia da Lagoa Doce, Praia de Guriri, Praia de Manguinhos, Praia de Buena, Praia de Guaxindiba, Praia do Sonho, Praia de Santa Clara, Praia do Caçador.

Dicas: a orla não é iluminada, então é mais seguro passear de dia.

Modalidades: caminhada, futebol, vôlei, surf, kitesurf, vela, windsurf, mergulho.

Onde comer: Bares e restaurantes em Guaxindiba e Santa Clara.

Onde ficar: hotéis e pousadas em Santa Clara, Sonho, Guaxindiba e Barra de Itapoana. 

Praia de Araruama

Araruama

Araruama

Araruama



Localizada na região dos Lagos, a pouco mais de 100 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro, asPraias de Araruama são ricas em belezas naturais e diversidade. Com lagoas, restinga e salinas, belas praias oceânicas também fazem parte do município.

O cartão postal da cidade, conhecida por Lagoa de Araruama é na verdade a maior laguna hipersalina do mundo, suas águas calmas e ventos fortes recebem praticantes de esportes náuticos o ano todo. Além das 13 praias situadas às margens da lagoa, que contam com infraestrutura de calçadão e quiosques, também é possível banhar-se no Atlântico, visitando a praia de Massambaba e as praias localizadas em Ponta Seca.

Ponta Seca possui seu comércio local, algumas praias lacustres, além da presença do mar. Nas praias oceânicas de Araruama a água é mais limpa, mas vale a pena conferir o visual e a calmaria das praias situadas na lagoa também.

Apesar do ambiente tranquilo, algumas praias de Araruama chegam a ser bem movimentadas e frequentadas por gente bonita.

A cidade conta ainda com shopping centers, praças de eventos, teatro, centros culturais e um museu arqueológico.

A história de Araruama é rica, com vestígios deixados pelos índios Tupi que viveram na região há cerca de 2 mil anos e fazendas imperiais, dos tempos do auge do café e da cana.

Praias de Araruama:

• Oceânicas: Massambaba e Ponta Seca.

• Lacustres: Praia de Araruama, Praia de Iguabinha, Praia do Areal, Praia da Pontinha, Praia dos Amores, Praia do Barbudo, Praia de Bananeiras, Praia do Gavião, Praia do Ingá, Praia das Espumas, Praia do Lake View, Praia do Hospício e Praia do Coqueiral
 

Maricá

Maricá – Rio de Janeiro

Maricá – Rio de Janeiro

Maricá – Rio de Janeiro

Maricá é o primeiro munícipio da Costa do Sol, seus 46 km de costa são divididos em 9 praias além de inúmeras lagoas. Em suas praias, predomina a tranquilidade, apesar de algumas delas como Itaipuaçu, por exemplo, oferecerem a estrutura de quiosques. Localizada a apenas 50 km da capital do Estado, Maricá é um excelente refúgio da agitação e com boas opões de ecoturismo.

Da Pedra do Elefante avista-se toda a cidade, as praias de Niterói, o Pão de Açúcar, o Corcovado e Copacabana. Já a Pedra do Macaco é um local explorado por praticantes de rapel e escaladas.

O site Booking.com está oferecendo hospedagens nessa região com até 30% de Desconto! Confira aqui.

A vegetação de restinga decora grande parte de seu litoral. As ondas fortes atraem surfistas, principalmente para Ponta Negra, trazendo um clima jovem e muito movimento aos finais de semana.

Não bastassem o mar e a lagoa, a natureza ainda reserva aos turistas de Maricá as cachoeiras do Pico de Lagoinhas e do Espraiado, as grutas de Ponta Negra e do Spar, além de diversas áreas serranas, com pedras e trilhas para serem vencidas.

Além disso, algumas intervenções do homem também foram bem vindas: o Farol de Ponta Negra, e a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo complementam bem as paisagens, e a construção do calçadão na Lagoa de Araçatiba ajudou a valorizar a região.
 

Praia de Piratininga – Niterói

Praia de Piratininga – Niterói

Praia de Piratininga – Niterói

Praia de Piratininga – Niterói

Maior praia da Região Oceânica de Niterói, a Praia de Piratininga fica a cerca de meia hora do Centro de Niterói e quase uma hora do Centro do Rio pela Ponte Rio-Niterói. Com quase 3 Km de extensão, tem um imenso calçadão com diversos quiosques, que servem petiscos e pratos à base de peixe e frutos do mar. Como não há transporte público que a percorra, os cantos da praia, onde ficam os pontos de ônibus mais próximos, costumam ficar mais cheias.

O mar claro e azulado e muito limpo é um convite, mas é inconstante. Dependendo das suas condições pode ser perfeito para SUP, quando está flat, para o surfe, principalmente no canto direito, ou impossível de entrar: em ressaca, já chegou a destruir parte do calçadão e alguns quiosques há alguns anos. O bairro é residencial, ficando entre a praia e a Lagoa de Piratininga, e à noite apresenta pouco movimento: a maioria da badalação fica no Trevo de Piratininga, distante cerca de dois quilômetros da praia.

A Praia de Piratininga é dividida em duas partes. O “praião” tem mar aberto e grande faixa de areia. Os locais – moradores do bairro e da Região Oceânica em geral – costumam ficar na área central desta área. Já a “prainha”, onde fica a Pedra da Baleia, tem águas calmas e atrai centenas de banhistas nos finais de semana, atraídos também pelos ônibus que fazem ponto final no local.

O nome, Piratininga, significa “secagem de peixe” e ainda hoje é muito comum ver vários pescadores em toda a sua extensão. Como a praia é muito grande, é difícil ficar lotada e há várias tribos de acordo com o lugar em que se fica. Constantemente é palco para shows e festas de réveillon da cidade. O visual é lindo e, de quebra, ainda dá para ver a Praia de Copacabana, o Corcovado e o Pão de Açúcar ao longe.

Características

Mar: Águas azuladas, frias e limpas, mas inconstante.

Areia: Branca e fina

Público: Várias tribos de acordo com o lugar da praia: surfistas, locais, pescadores, turistas, famílias e jovens

Modalidade: Pesca, SUP, surfe, dependendo da condição do mar

Dicas: Prove os petiscos dos quiosques são deliciosos

Trilhas: Não há trilhas por perto, mas no canto esquerdo há um pequeno mirante onde dá para ver as praias do Sossego e de Camboinhas, uma visão impressionante do mar aberto. A trilha que é o único acesso por terra à pequena e linda Praia do Sossego sai de uma estrada pavimentada de Camboinhas, o bairro vizinho.

Onde comer: Vários quiosques ao longo do calçadão oferecem petiscos de frutos do mar e refeições à base de peixe. Na orla, alguns restaurantes também de frutos do mar oferecem pratos variados

Onde ficar: Algumas pousadas e casas de veraneio nas ruas que ficam entre o mar e a Lagoa de Piratininga

Praias próximas: Prainha, Praia de Camboinhas, Itaipu, Itacoatiara
 

Praia de Itaipu – Niterói

Praia de Itaipu – NIterói

Praia de Itaipu – NIterói

Praia de Itaipu – NIterói



Sabe aquela praia em que você não precisa levar nada e de onde não dá mais vontade de sair? Que você chega pela manhã junto com as gaivotas e não dá para ir embora antes de ver o sol morrendo lenta e maravilhosamente por entre o relevo do Rio de Janeiro, do outro lado do mar? Destino dos mais procurados na Região Oceânica de Niterói todos os finais de semana, a Praia de Itaipu é tudo isso – e muito mais. É um daqueles lugares que você tem que ir, não tem jeito.

Pequena – a Praia de Itaipu tem apenas 1.000 metros de extensão, à esquerda é delimitada pelo Morro das Andorinhas, que faz limite com a Praia de Itacoatiara. À direita se encerra no Canal de Itaipu, que despeja as águas da Lagoa de Itaipu, logo ali do lado, e ainda faz limite com a Praia de Camboinhas. Entre uma ponta e outra, bares e restaurantes para todos os gostos oferecem pratos e petiscos saborosos à base de frutos do mar, comprados ali mesmo na colônia de Pescadores – além de uma cerveja sempre muito gelada.

A menos de 1 hora do Rio de Janeiro e a cerca de meia hora do Centro de Niterói, nos finais de semana, chegue cedo, ela fica lotada. Há estacionamento pago nas cercanias, mas a disputa é grande. Nas areias, mesinhas, cadeiras e guarda-sóis dos restaurantes convidam à preguiça, e você também pode fazer passeios de SUP, caiaque e banana boat, disponíveis para alugar principalmente nos meses de verão.

Como a Praia de Itaipu cresceu em torno da colônia de pescadores, quem chega de manhã cedinho tem um espetáculo à parte: os pescadores chegam com peixe fresquinho para vender no local, atraindo uma quantidade imensa de gaivotas, albatrozes e aves marinhas em geral. Mas a atração mesmo são as tartarugas, que frequentam as águas chegando bem pertinho dos banhistas. Da areia dá para ver as cabeças que sobem em buscam de ar. Lindo demais. Já à tardinha a atração é o por-do-sol, considerado o mais bonito da Região Oceânica.

Apesar de ser uma praia oceânica, as águas são normalmente bem calmas, atraindo crianças, idosos e o pessoal do Stand Up Padle (SUP). Também é comum ver lanchas, iates e escunas ancorados à espera dos petiscos dos bares e restaurantes. Nos arredores, a Duna de Itaipu é testemunha já meio degradada da passagem dos primeiros habitantes indígenas pela área.

Características

Mar: Calmo, com águas claras e frias

Areia: Branca e firme

Público: Famílias e esportistas além dos pescadores locais

Modalidade: SUP, banana boat, jet ski

Dicas: Não deixe de visitar o Museu de Arqueologia de Itaipu, logo na entrada da colônia de pescadores. Há artefatos resgatados ao longo de muitos anos e que contam a história do local. O próprio museu fica nas ruínas de um antigo convento carmelita.

Trilhas: É possível fazer uma trilha que sai da Praia de Itaipu e sobre o Morro das Andorinhas, saindo na Praia de Itacoatiara.

Onde comer: Muitos bares e restaurantes, alguns poucos quiosques e muitos ambulantes da areia.

Onde ficar: Casas de aluguel para temporada, algumas pousadas na Estrada Francisco da Cruz Nunes, que atravessa Itaipu e leva à praia.

Praias próximas: Praia de Itacoatiara, Camboinhas, Piratininga.
 

Praia de Camboinhas – Niterói

Praia de Camboinhas – Niterói

Praia de Camboinhas – Niterói

Praia de Camboinhas – Niterói

Situada na Região Oceânica entre as praias de Itaipu e Piratininga, a Praia de Camboinhas se destaca por uma orla belíssima, com quiosques muito bem estruturados, calçadão e até uma aldeia indígena no seu canto esquerdo. O bairro é considerado de alto luxo e tem apenas uma entrada e uma saída principal, onde fica um DPO, e uma pequena estrada secundária que dá acesso a Piratininga. O transporte público não entra no bairro, basicamente residencial. Lá há um apenas um pequeno shopping e pouquíssimos bares mais antigos, anteriores à legislação atual que restringe o comércio.

A Praia de Camboinhas não costuma apresentar ondas altas, exceto em épocas de ressaca. As águas são limpas e verdes claras, transparentes. À tarde o calçadão fica repleto de pessoas caminhando, correndo ou pedalando na ciclovia. Assim como Itaipu, fica a menos de 1 hora do Rio e a cerca de meia hora do Centro de Niterói.

O nome vem de uma frutinha muito comum da região, mas também tem relação com o navio Camboinhas, que em 1958 vinha da Argentina e teve que ser rebocado na altura na restinga de Marambaia. Só que o cabo do reboque partiu e o navio acabou à deriva, encalhando na então Praia de Itaipu, cujo trecho, de 2.600 metros, passou então a ser chamado de Praia de Camboinhas.

As ruas são as áreas de estacionamento, que contam com flanelinhas. Entre as casas, mansões ocupam a orla, mas há algumas pousadas e dois grandes hotéis. Os quiosques da praia, no entanto, são muito bem estruturados, com grandes áreas cobertas, karaokê e serviço na areia, sendo conhecidos pelas festas de réveillon que produzem: na época, é possível ver os fogos de artifício na Praia de Copacabana, que se avista no lado direito da Praia de Camboinhas.

Características

Mar: Águas claras e verdes, transparentes. Ondas pequenas.

Areia: Branca, firme e limpa.

Público: Famílias, principalmente, e turistas do Rio. É uma das praias favoritas dos cariocas que atravessam a Baía da Guanabara.

Modalidade: SUP, body board, jet ski

Dicas:

• Vá de carro ou prepare-se para andar: da entrada de Camboinhas até a praia são XXXX Km.

• Dê um pulo na aldeia indígena, lá é possível conhecer uma oca de verdade e comprar artesanato feito pelos próprios índios, colo colares, brincos e cestarias.

Trilhas: Há uma pequena trilha que sai da entrada secundária de Camboinhas, no lado esquerdo, até a Praia do Sossego, cujo único outro acesso é por mar.

Onde comer: Muitos quiosques bem equipados e o shopping, logo na entrada do bairro. No hotéis também há restaurantes.

Onde ficar: Pousadas, hotéis e casas de veraneio

Praias próximas: Praia de Itaipu, Piratininga e do Sossego
 

Niterói – Rio de Janeiro

Niteroi – Rio de Janeiro

Niteroi – Rio de Janeiro

Niteroi – Rio de Janeiro



Niterói é considerada a melhor cidade do Estado do Rio de Janeiro em questão de qualidade de vida. Para nós, loucos por praias, é um local perfeito: a cidade apresenta mais de 11 quilômetros de praias. São lindas praias com ótimas estruturas e, claro, uma inconfundível e linda vista para o Pão de Açúcar e outras belezas cariocas. O nome Niterói vem do tupi-guarani, quer dizer “água escondida”, devido à sua localização privilegiada contra ataques de navios. Em Niterói existem diversas opções de restaurantes, com cardápios para todos os gostos (e bolsos). Mas recomendamos mesmo os ótimos quiosques à beira-mar que servem petiscos e frutos do mar deliciosos.

Uma das paisagens mais bonitas, não só de Niterói mas do país, esta na Fortaleza de Santa Cruz, um forte escondido no fim do bairro de Jurujuba. Lá você pode optar por uma visita guiada pelos guias do exército e poderá conhecer um pouco mais a historia da cidade. O forte esta muito bem conservado, com curiosos canhões, masmorra e uma simpática capela. Além disso, vá preparando a máquina fotográfica, pois da baía e do Rio de Janeiro é inesquecível. Ótimo para grupos de amigos, famílias e casais.

Além das praias, Niterói tem como cartão-postal a bela arquitetura do MAC (Museu de Arte Contemporânea) criado por Oscar Niemeyer. Outros lugares urbanos para se visitar são o Complexo dos Fortes e o Mercado do Peixe. Além disso, no centro da cidade se encontra o imponente Teatro Municipal João Caetano. Sua arquitetura é riquíssima.

Principais Praias de Niterói

Praia de Camboinhas: Uma bela praia com água cristalina esverdeada e areia clara. Boa para pescaria, é uma praia muito procurada em Niterói pelos amantes da pesca de arremesso. Possui uma boa estrutura, com muitos quiosques servindo peixes frescos e deliciosos sucos e drinks, servidos à beira-mar. Seu nome reporta-se ao encalhe de um navio com o mesmo nome. A vista dos morros verdes serve como cartão postal ao entardecer.

Praia de Itacoatiara: Esta praia de Niterói não tem vista para a baía de Guanabara, mas tem como vista a fantástica e imponente Pedra do Elefante. Em meio a uma vegetação exuberante, a areia é bem amarelada e a água esverdeada. Por apresentar ondas fortes, é muito frequentada por surfistas e jovens. No canto direito da praia, as ondas quebram nas rochas e faz com que surge uma “piscina” mais calma para quem só busca relaxar na água.

Praia do Sossego: Uma pequena é lindíssima praia de difícil acesso. Costuma ser frequentada via lanchas e iates e através de uma trilha pouco conhecida. Considerada por alguns como a praia mais bela de Niterói.

Praia de Paratininga: Conhecida por apresentar uma fantástica vista da praia de Copacabana, esta praia é localizada na região oceânica de Niterói, é uma praia mais badalada. A sua orla possui um ótimo calçadão muito utilizado para caminhadas e ciclismo e diversos quiosques que oferecem uma variada opção de petiscos e bebidas. Praia da Paratininga possui a água é limpa e as ondas são fortes, costuma ser frequentada por surfistas e pescadores, além de famílias.

Praia de Icaraí: É a praia mais famosa de Niterói, estando situada na Baía da Guanabara ela costuma receber milhares de turistas ao ano, principalmente no réveillon. Esta praia fica localizada entre bairros nobres de Niterói, portando é muito frequentada. É uma praia cercada por prédios, portando ideal para quem busca mais badalação ou melhor estrutura. Não é uma das praias mais bonitas da cidade por possuir um grande movimento de pessoas, mas é muito boa para longas caminhadas ou paqueras.

Características

Dicas: Visite a Fortaleza de Santa Cruz, um forte escondido no fim do bairro de Jurujuba. (entrada: aproximadamente R$6,00). A vista é fantástica.

Se busca fazer caminhadas em meio às arvores, visite o Campo de São Bento. Um lindíssimo e tranquilo parque local.

Mar: Ondas fortes. A maioria das praias apresenta água limpa e cristalina. Algumas não são recomendáveis para o banho.

Areia: Algumas praias apresentam areai mais amarelada, já outras mais branquinha e fina.

Público: Surfistas, jovens, famílias e turistas cariocas.

Trilhas: Quer ter uma visão fantástica da cidade? Faça as trilhas do Parque da Cidade. Não esqueça a câmera fotográfica!

Modalidades: Surf e Pesca

Onde comer: Infinitas opções de restaurantes e quiosques.

Onde ficar: Niterói possui muitas opções de descanso: hotéis (simples e mais requintados), pousadas, casas para alugar e camping para quem quer ficar mais próximo da natureza.
 

Praia da Ferrugem – Garopaba

Praia da Ferrugem – Garopaba

Praia da Ferrugem – Garopaba

Praia da Ferrugem – Garopaba

Quem procura agitação e balada não vai ficar um minuto parado na Praia da Ferrugem, a mais frenética das praias de Garopaba, de onde se chega em apenas 15 minutos de carro. Garotada do surf de um lado, famílias com crianças do outro, tem praia para todo mundo. Se ao norte o mar é agitado formando picos perfeitos para quem gosta de pegar onda, ao sul as famílias com crianças aproveitam o encontro da lagoa com o mar, onde as águas são rasinhas e mornas.

É justamente esse canal que dá nome à Praia da Ferrugem, já que em dias em que o fundo está cheio de areia a água parece meio amarelada, lembrando ferrugem. O sol se põe na lagoa, no lado oposto ao mar, formando um espetáculo imperdível.

À noite a balada é certa nos restaurantes e barzinhos que povoam as ruas de chão batido. Como fica a apenas 8Km do Centro de Garopaba, ela une o melhor de dois mundos em uma verdadeira concentração de gente bonita. Entre dezembro e fevereiro a maioria dos turistas é brasileira, argentina e uruguaia.

A paquera e as festas não param na alta temporada, por isso se a ideia é sossego esqueça os meses de verão. Vá na baixa temporada e aproveite a calma de uma Praia da Ferrugem mais vazia, apesar de ter programação o ano inteiro.

Separada da Praia da Barra por um sambaqui, a Praia da Ferrugem era apenas uma vila de pescadores até que foi descoberta pelos hippies na década de 70. Desde então o lugar não para: há bares que só abrem após as 23 horas e só fecham quando o sol já está alto.

Características

Mar: Mar aberto, com águas esverdeadas transparentes e ondas médias, boas para a prática de surf.

Areia: Branca e fofa.

Público: Turistas jovens, surfistas.

Modalidade: Surf.

Dicas:

• Aproveite a folia: o carnaval de rua de lá é considerado um dos melhores de Santa Catarina.

• Vale a pena visitar o sambaqui (sítio arqueológico) ao lado da praia. Um guia dá todas as informações sobre o local.

• A vila ainda preserva as dunas de Siriú, outra atração que merece ser visitada e que são testemunhas dos diversos campeonatos de surf, nacionais e internacionais.

• Curiosidade: a praia é conhecida como a “capital do surf”.

Trilhas: Uma das mais bonitas trilhas da área é a que liga as praias da Ferrugem e do Rosa. São 12 quilômetros cruzando praias desertas como a da Barrinha, do Ouvidor e Vermelha através de montanhas e costões com grutas, lagoas e nascentes. De nível médio, dura cerca de seis horas e deve ser feito com guia.

Onde comer: Restaurantes nas ruas internas, bares e quiosques em toda a orla.

Onde ficar: Hotéis, pousadas, quartos para alugar.

Praias próximas: Praia da Barra, Silveira, Ouvidor e Siriú

 

Lagoa Azul – Ilha Grande

Lagoa Azul – Ilha Grande

Lagoa Azul – Ilha Grande

Lagoa Azul – Ilha Grande

A Lagoa Azul em Ilha Grande é um dos pontos mais buscados pelos turistas. Afinal, a Lagoa Azul é de deixar qualquer um de queixo caído! Suas águas transparentes, azuis e esverdeadas, é o cenário para um espetáculo mergulho com snorkel, com muitos peixes para lhe fazer companhia. Sua formação com uma ilhota dá uma beleza peculiar e somando a comodidade das escunas que te levam até lá, torna-se ponto obrigatório para o turista conhecer. As escunas oferecem comida e bebida, snorkel e boias para que vocês possam desfrutar com toda a tranquilidade. Um passeio imperdível!

Características

Mar: calmo, azul esverdeado e calmo.

Público: diversificado, desde famílias até casais, tanto de escunas quanto em embarcações particulares.

Dicas:

• Não mergulhe da escuna com o snorkel na cabeça, pois poderá perdê-lo dentro d´água.
• Os passeios saem de Abraão, consulte os diferentes preços e pacotes.
• Veja antecipadamente se o mar estava de ressaca, pois assim sua transparência diminui significativamente.

Modalidades: Snorkel, Mergulho e Náutica.

Onde comer: Nas próprias escunas que oferecem o passeio.

Onde ficar: Fique na vila de Abraão, pois de lá partem todos os passeios.

Praias conhecidas próximas: Praia Maguariqueçaba, Praia Sítio Forte, Enseada do Bananal, Praia Araça, Praia Grumixama, Ilha dos Macacos, Praia Freguesia de Santana, Praia da Baleia, Praia Japariz.

 

Trindade – Paraty

Praia Brava – Trindade


A lindíssima vila de Trindade é um conhecido destino brasileiro situado em Paraty. Sua beleza natural é preservada por estar em uma área de Proteção Ambiental (Cairuçu). Esta vila oferece uma grande estrutura local com opções diversas de hospedagem e uma gastronomia de qualidade. Localizada no Parque Nacional da Serra de Bocaina a praia de Trindade ainda guarda a beleza de sua virgem e bela mata atlântica.

Em algumas épocas as ondas ficam mais fortes, proporcionando, além de uma bela vista, uma grande diversão para os turistas que buscam o surf. Suas águas verdes e límpidas são muito buscadas por turistas (principalmente por cariocas e paulistas) do mundo inteiro. O Cachadaço é um conhecido local onde, dentre rochas guarda-se uma piscina natural com muitos pequenos peixes, um belo lugar para se descansar.

 

Praia do Forte (Centro) – Cabo Frio

Cabo Frio – Praia do Forte

Cabo Frio – Praia do Forte

Cabo Frio – Praia do Forte


A Praia do Forte é a principal praia de Cabo Frio e também a mais agitada, pois está localizada no centro. Possui 7,5 km de extensão de águas transparentes e areia branca. Ao seu lado esquerdo está o forte São Mateus, o que dá uma paisagem peculiar misturando história com as águas azuis esverdeadas. A Praia do Forte foi considera por velejadores como a maior raia do mundo para a prática deste esporte. Mas se você quer tranquilidade, as praias vizinhas são mais recomendadas.

Características

Mar: transparente, gelado e oferece boas ondas. Mas se quiser curtir o mar sem as ondas, vá em direção ao forte no lado esquerdo.

Areia: branca.

Público: diversificado e surfistas.

Dicas: Aproveite e visite a capela Santa Helena construída em 1615 e o forte São Mateus construído em 1620.

Modalidades: surf e náutica.

Onde comer: muitos quiosques, bares e restaurantes nas proximidades.

Onde ficar: Muitos Hotéis e Pousadas.

Praias conhecidas próximas: Praia das Dunas, Praia do Foguete, Praia Brava, Praia do Peró e Praia das Conchas.

 

Praia das Conchas – Cabo Frio

Praia das Conchas – Cabo Frio

Praia das Conchas – Cabo Frio

Praia das Conchas – Cabo Frio


A Praia das Conchas em Cabo Frio possui esse nome devido ao seu formato idêntico ao de uma concha. Quando visita-la, suba nos morros de fácil acesso ao lado para conferir melhor o seu formato único, é muito linda! A Praia das Conchas fica no bairro do Peró entre dois morros. Sua extensão é de 600 metros de pura natureza, águas transparentes e calmas. Há quiosques em sua orla, mas isso não tira o aspecto de sua beleza natural. A sua direita você poderá encontrar piscinas naturais entre as rochas, até mesmo pescar nesses lugares é bem comum, mas sempre com cuidado. Um verdadeiro paraíso para quem quer ir a dois ou com a família, pois além de ser linda, a Praia das Conchas possui uma boa estrutura de quiosques.

Características

Mar: calmo, azul esverdeado e transparente.

Areia: branca e limpa.

Público: jovem, familiar e pescadores.

Dicas:

• Cuidado com os pertences no carro, pois já houve muitos relatos de furtos neste local, inclusive arrombando o porta-malas.
• Aproveite as pedras para pescaria de arremesso e para nadar em algumas piscinas naturais no canto direito.
• Dá para ir caminhando até a Praia do Peró, vale a pena o passeio.
• Na alta temporada há aluguéis de caiaques e cavalos.

Modalidades: náutica, mergulho amador e pescaria de arremesso.

Onde comer: quiosques.

Onde ficar: hotéis e pousadas.

Praias conhecidas próximas: Praia das Dunas, Praia do Forte, Praia do Foguete, Praia do Peró e Praia Brava.

 

Praia do Pontal – Arraial do Cabo

Praia do Pontal – Arraial do Cabo

Praia do Pontal – Arraial do Cabo

Praia do Pontal – Arraial do Cabo

A Praia do Pontal fica a 4 kmdo centro e possui 700 metros de extensão de areia com belíssima vegetação de restinga e algumas pequenas dunas. Tranquila na baixa temporada, é um excelente local para relaxar e nadar juntos aos peixes e com sorte poderá ver até tartarugas. Em frente da Praia do Pontal você poderá ter a bela vista para a Ilha do Pontal, que pode ser visitada até mesmo de caiaque. Seus limites são desde o Morro do Mirante até a praia do Foguete. Se for visitar essa praia poderá conhecer as outras belíssimas praias de Arraial do Cabo, um passeio imperdível!

Características

Mar: Calmo na maior parte do tempo, excelente para levar crianças e sendo bom também para mergulho e pesca de arrastão, porém há épocas que o mar fica agitado e atrai muitos surfistas que já conhecem essas reviravoltas do mar na praia do Pontal. A água é cristalina e algumas pessoas a consideram gelada.

Areia: branca e fina com uma parte coberta por vegetação rasteira e algumas pequenas dunas.

Público: familiar, casais e surfistas de vez em quando

Dicas:

• Veja o pôr do sol na praia do Pontal, dizem que as cores projetadas no mar são lindíssimas.

• Alguns comentam que é perigoso, outros afirmam que é mentira e que o lugar é tranquilo.

• Na praia do Pontal existe pesca artesanal, bem típico da região.

• A direita existe uma ponta de areia que avança entre o morro e o mar, excelente para pesca com vara.

Modalidades: Pesca e Surf

Onde comer: Barracas no canto direito

Onde ficar: Hotéis e pousadas nas proximidades do centro de Arraial do Cabo.

Praias conhecidas próximas: Praia do Farol, Praia dos Anjos, Praia do Forno, Prainha, Praia do Foguete, Praia das Dunas, Praia Brava, Praia das Conchas, Praia do Peró.

Menu Title